terça-feira, 28 de junho de 2016

I am the passenger and I ride and I ride

Desde manhã para vir aqui fazer um post bonitinho, escrever uma coisa linda e profunda, assim cheia de floreados, notas biográficas misteriosas, apontamentos, memórias nebulosas, uma coisa em cheio e cheia, mas entretanto sucedeu trabalho e preguiça, não necessariamente nesta ordem, intervalou-se muita dispersão e alheamento, o normal portanto, e em pano de fundo sempre aquela coisinha chata, retumbante, tremelicante, a realidade ou lá o que é, a dizer-me que foda-se, já são quarenta e cinco, qua-ren-ta-e-cin-co, dito assim é muito, mas não me parece nada, não me dava mais que trinta e cinco, quatro, vá, que tenho as raízes ainda escurinhas, e pronto, é isto, somos quarenta e cinco, eu e as minhas células todas, e agora tenho de acabar aqui umas coisas e ir asinha comprar gelado, só porque me apetece.

27 comentários:

  1. Parabéns!! E que a gente veja muito mais com saúde e alegria, que é o que é preciso :) (e uns trocos, que também dão jeito, já agora)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! E sim, tenho como plano de vida ganhar o euromilhões, até já tenho o dinheirinho todo prometido. Mas os números não colaboram, uma vergonha ;)

      Eliminar
  2. Pois eu atesto que a menina está muito bem conservadita e com ar viçoso, que está. Beijinhos e parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda estaria mais conservadita se não fosse a oxidação derivada de trabalhar :P Obrigada!

      Eliminar
  3. Pois que desejo que os quarenta e cinco tenham sido bem vividos e que todos os que vierem a seguir sejam ainda melhores. Parabéns.
    Leio-a muito, comento quase nada, mas gosto de, além de ler o conteúdo, adivinhar a origem dos "títalos".
    E adoro: https://www.youtube.com/watch?v=hLhN__oEHaw

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Rafinha!
      (e certinha, a música. me gusta mucho)

      Eliminar
  4. Ainda os contas? :p
    Devo dizer, com absoluta sinceridade, que nunca te daria 45 anos. bons genes, hã :)
    um grande beijinho, espero que te tenha sabido bem, o gelado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conto, mas sempre com alguma surpresa. A sério, além de não me apetecer muito, também não me dou 45 (se alguém quiser uns quantos, eu dispenso).
      Obrigada, Wallis!

      Eliminar
  5. Parabéns! Parabéns!
    (Hmmmm, gelado.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MC, obrigada! E sim, gelado. Sempre. Sempre.

      Eliminar
  6. Sabes quando as pessoas dizem "não te dava mais de X anos"? Pois olha, eu dava-te uns 8 anos, que eu preferia ter 20 do que 28, mas enfim, como não dá para fazer esta transferência, dou-te antes os parabéns! :) Gelado é muito melhor do que bolo de aniversário tradicional, não dá muito jeito para segurar velas, mas com um petit gateau ao lado resolves esse "problema".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Elsa! A gente havia de arranjar um banco de anos, para depositar lá os que temos a mais :P
      Gelado dá para consumir vendo o episódio 10 de GoT...

      Eliminar
  7. Parabens Izzie! Nunca comento , mas gosto imenso de ir acompanhando o blog. Feliz Ano Novo! Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Angela! mi casa es su casa ;)

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  8. Não tens escrita de pessoa de 45. És uma jobem. Parabéns :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A marte, é, eu sou assim bueda xófem :D Bom, não me sinto uma cenhoura, mas desde que não faça figuras tristes de velha gaiteira, tudo bem

      Eliminar
  9. Parabéns linda! Eu também não acredito nos anos que o BI me dá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AEnima, lá está, somos young at heart. Mais vale assim que ser bélhota de espírito. Obrigada!

      Eliminar
  10. Parabéns, fellow crab!
    Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Paula! Outra caranguejola, hein? Aqui que ninguém nos desmente, não somos maus de todo ;)

      Eliminar
  11. Parabéns, miúda :) A (real)idade não importa cá para nada. A menos que sejamos um queijo. Ou vinho. Aí a idade importa e até conta para o lado dos prós. :) Queijo e vinho, olha que boa ideia. Com um gelado de caramelo salgado para selar o acordo. Acho que vou embarcar neste plano :)

    (Um beijinho com votos de muitas coisas boas na vida, sempre)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! E a ser alguma coisa, um queijinho ou um bom vinho parece-me bem. Se bem que gelado de caramelo salgado, se for a combinar com chocolate, ainda me parece melhor. Grande carga de diabetes ;)

      Eliminar