segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Good grief

Recebi isto por mail:


E recordo que aqui há tempos já tinha havido uma "onda" de descobertas de posts desta senhora indivídua, no seu perfil de feicebuque, tudo gamadinho de blogs. Pelos vistos calha a todos. Desta feita, calhou a esta aqui.

Sim, estou indignada q.b., mas depois tomou-me assim uma espécie de tristeza e piedade por quem é assim. A sério, que tristeza de pessoa, que tem tão pouco de seu que precisa de se apropriar do que os outros sentem e pensam para existir.

4 comentários:

  1. E a tipa continua. Que tristeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou nunca parou. Que pessoazinha miserável.

      Eliminar
  2. Mesmo que tivesse a mesma falta de imaginação, teria pelo menos vergonha ou então, algum amor-próprio para não me colocar nessa posição. Não percebo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não percebo, e pelas mesmas razões. Ainda que ninguém descobrisse, eu saberia que era uma cópia.

      Eliminar